Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019

Internacional

Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 12h:28

SUICÍDIO

Ex-presidente do Peru se mata após receber ordem de prisão

Redação com Agências

Reprodução

Ex-presidente peruano Alan García tenta suicídio antes de ser preso por caso Odebrecht

Alan García, ex-presidente do Peru, deu um tiro na cabeça na manhã de hoje, quando policiais chegaram em sua residência, na capital do país, para prendê-lo por conexões com uma investigação sobre suborno no caso Odebrecht, disse seu advogado, informa o Estadão.

“Esta manhã aconteceu este acidente lamentável: o presidente tomou a decisão de atirar”, afirmou Erasmo Reyna na entrada do Hospital de Emergências Casimiro Ulloa, em Lima. O hospital indicou que García, de 69 anos, tinha “um ferimento de bala na cabeça” e chegou a ser operado, segundo informações da imprensa local.

A morte foi confirmada pouco depois pelo diretor do hospital, Enrique Gutiérrez. 

A Odebrecht está no centro do maior escândalo de corrupção na América Latina depois de ter admitido, em acordo assinado em 2016 com o Departamento de Justiça dos EUA, ter pago mais de US$ 800 milhões em propinas em diversos países da região para ser beneficiada em grandes obras de infraestrutura.

No Peru, a empresa disse ter pago US$ 29 milhões entre 2005 e 2014. O caso atingiu também os ex-presidentes peruanos Alejandro Toledo (2001-2006), e Ollanta Humala (2011-2016) e Pedro Pablo Kuczynski (2016-2018, todos sob investigação da promotoria).

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO