Caldeirão Político

Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, 13h:15

BOA BENGALA

Redação

Não fosse a “PEC da Bengala”, que em 2015 ampliou de 70 para 75 anos a idade-limite para aposentadoria no Supremo Tribunal Federal, o ministro Ricardo Lewandowski teria que pendurar a toga em maio. E Celso de Mello e Marco Aurélio já seriam aposentados há dois anos.


Fonte: Caldeirão Político

Visite o website: caldeiraopolitico.com.br