Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019

Geral
Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 09h:20

SAÚDE

Macacos mortos em dezembro na UFMT têm diagnóstico positivo para Febre Amarela

UFMT suspendeu visitação ao zoológico

Jô Navarro

Reprodução

Universidade Federal de Mato Grosso

A unidade de Vigilância em Zoonozes de Cuiabá notificou a reitoria da UFMT sobre a confirmação de diagnóstico de febre amarela em macacos encontrados mortos no campus no dia 6 de dezembro de 2018.

Por meio ofício enviado no dia 8 de março, a VZ informa que o diagnóstico só foi confirmado pelo laboratório do Instituto Evandro Chagas neste mês, devido ao "fluxo estabelecido pelo Ministério da Saúde".

A unidade solicita à reitoria a comunicação imediata de animais doentes ou mortos na área da Universidade.

Ainda segundo ofício, a VZ informa que já em dezembro foram adotadas medidas preventivas, com orientações e encaminhamento para vacinação das pessoas não vacinadas com pelo menos uma dose contra a febre amarela.

Zoológico é fechado

Assim que recebeu a notificação a UFMT suspendeu a visitação ao zoológico localizado no campus. Além disso a administração decidiu colocar avisos nas guaritas de acesso ao campus para informar os visitantes e alunos sobre a presença do agente circulante do vírus da Febre Amarela.

Também será realizada uma campanha de vacinação no campus de Cuiabá.

Ofício

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO