Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018

Geral
Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2015, 09h:35

SAÚDE PÚBLICA

A depressão como um pássaro desprotegido

Cícero Henrique

Neste ano de 2015 tivemos conhecimentos de vários casos de suicidio por causa da depressão, e agora foi da ex-promotora  Nicole Gonzales Colombo Arnoldi, 35 anos, encontrada sem vida no quarto de seu apartamento num condomínio de luxo em Rio Branco (AC) no início da noite de domingo, 29.

O caso chocou a todos do Ministério Público daquele estado. Mais em todos os cantos, seja nos condominios de luxo e nas habitações populares, essa doença não escolhe classe social, cor ou idade.

Leia também: 

Morte de cantor sertanejo em MT reacende debate sobre a depressão

O que se precisa é de mais atenção e cuidados diante do evidente quadro depressivo das vítimas. A falta de atenção e assistência por parte de familiares, amigos e colegas de trabalho e da sociedade em geral muitas vezes contribuem diretamente para as ocorrências.

Muitas vezes conversamos com as pessoas, conhecidos, amigos e não sabemos suas situações psicológicas, na maioria das vezes não nos importamos com os problemas alheios. E quando a tragédia acontece e a imprensa divulga, ficamos estarrecidos.

Perguntamos: Por que? Tão jovem? Com uma carreira promissora, o que levou? Porque não procurou ajuda?

São respostas que não nos cabe responder, até porque não sou profissional especializado na área.

Mas imagino que deve ser como um "afogamento".

O suicidio se trata de uma importante questão de saúde pública no mundo.

É preciso uma política pública de estado em relação ao importante assunto, haja vista que vem ceifando milhares de vidas.

Enquanto isso não acontece, temos que ser mais atentos e cuidadosos com isso.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO