Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020

União
Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 18h:21

FAMÍLIA FAKE

Veja o relatório do Facebook sobre fake news da família Bolsonaro

Redação

Reprodução

Família Bolsonaro

O Facebook divulgou relatório completo com as razões que o levaram a remover contas da rede social em nome dos filhos do presidente Jair Bolsonaro (Flávio, Carlos e Eduardo), de parlamentares do PSL e outras com nomes falsos. Parte das postagens era disparada de computadores do Palácio do Planalto e divulgavam informações falsas – as chamadas fake news. Foram removidas também contas da rede Instagram.

Veja aqui relatório do Facebook sobre fake news da família BolsonaroForam identificadas 35 contas, 14 páginas e 1 grupo no Facebook e 38 contas no Instagram. As páginas no Facebook tinham 883 mil seguidores, enquanto as contas no Instagram tinham 917 mil seguidores. 350 pessoas estavam no grupo.

A nota divulgada pelo Facebook para justificar a remoção dos conteúdos diz que o esquema envolvia a combinação de contas duplicadas e falsas, cujo objetivo era evitar a fiscalização da plataforma. Elas representavam pessoas fictícias que publicavam conteúdos em páginas que simulavam a atividade de veículos de imprensa. Entre as publicações, havia tópicos sobre política; eleições; críticas a opositores e a jornalistas e organizações de mídia e informações sobre a pandemia da Covid-19. Ainda segundo o texto, parte desse material já havia sido removido por violar normas de uso, incluindo discurso de ódio.

Veja aqui o relatório completo, que inclui contas também em outros países e de outros grupos, com ilustrações das mensagens identificadas como falsas:

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!