Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

União
Quinta-Feira, 31 de Outubro de 2019, 08h:13

TRATAMENTO IGUAL

Reforma vai combater privilégios de servidor do judiciário

Redação

Fabio Rodrigues Pozzebom/ABR

Mansueto Almeida, secretário do Tesouro Nacional

Diante da aprovação da reforma da Previdência que atinge principalmente os servidores do executivo, legislativo e iniciativa privada, aora o governo quer combater os privilégios em determinadas categorias, principalmente do judiciário que recebem altos salários.

O Projeto de Emenda Constitucional (PEC) da reforma administrativa pretende acabar com algumas regalias de determinados setores do funcionalismo, como as férias de dois meses para os servidores do Judiciário. A intenção da área econômica do governo é de tratar com maior isonomia todos os funcionários públicos. 

Assim, o Judiciário teria um mês de férias, como os demais trabalhadores dos setores público e privado.

Confira a reportagem na integra no link abaixo

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2019/10/31/reforma-vai-combater-privilegios-de-servidor.ghtml

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO