Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019

União
Sexta-Feira, 03 de Maio de 2019, 11h:05

CEF

Presidente da Caixa contrata personal trainer com salário de 30 mil e será levado ao conselho de ética

Redação

Reprodução

Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães

A Deputada federal Erika Kokay entrou com duas representações, uma na Comissão de Ética Pública da Presidência da República e outra no Ministério Público, contra a contratação, pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, de seu personal trainer, Cleyton Carregari, como consultor da presidência da instituição; “Um personal trainer não tem a capacidade técnica para exercer a função. E recursos públicos estão sendo utilizados para pagar indevidamente o salário de alguém”, ressalta.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO