Sábado, 19 de Outubro de 2019

União
Terça-Feira, 08 de Outubro de 2019, 17h:43

CARTÃO CORPORATIVO

Os luxos de Dilma com dinheiro público: jornalista detalha gastos secretos; ouça

Redação

Reprodução

Dilma Rousseff

"O sigilo nos gastos da Presidência da República com cartão corporativo foi criado para proteger informações que possam ameaçar a segurança do presidente e de seus familiares. Mas essa privacidade esconde também despesas com mordomias e luxos, como, uma garrafa de cachaça por R$ 380 ou camarão rosa tamanho GGG por R$ 230 o quilo. Pelo menos é o que mostram os gastos, até hoje secretos, da então presidente Dilma Rousseff em 2012. A legislação determina o sigilo de 98% das despesas da Presidência da República e a confidencialidade dura até o final do mandato."

"Para passar do regime fechado para o semiaberto o ex-presidente Lula precisaria pagar R$ 4,9 milhões à Justiça, o que seria equivalente ao valor da multa de 50 dias e a reparação aos cofres públicos por causa dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do apartamento tríplex do Guarujá."

https://www.gazetadopovo.com.br/republica/dilma-gastos-cartao-corporativo-cachaca/

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO