Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020

União
Terça-Feira, 28 de Janeiro de 2020, 11h:18

CORONAVÍRUS

Ministro da Saúde minimiza risco de chegada de turistas no carnaval; Brasil eleva alerta

Uma jovem está sendo monitorada em Belo Horizonte (MG), com suspeita de ter contraído o coronavírus

Da Redação

Reprodução

Luiz Henrique Mandetta

Com o aumento do nível de alerta global para transmissão do novo coronavírus, Ministério da Saúde pedirá a atualização de planos de contingência aos estados. No momento, uma jovem está sendo monitorada em Belo Horizonte (MG), com suspeita de ter contraído o coronavírus. Ela esteve em Wuhan. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está levantando informações sobre os outros viajantes que estavam no voo proveniente da China até o Brasil, com escalas em Paris e Guarulhos.

O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, confirmou a elevação do risco no Brasil para nível 2 (perigo iminente), mas minimizou a possibilidade de entrada do coronavírus no país durante o carnaval, período em que o Brasil é destino turístico de de milhares de turistas estrangeiros. O ministro afirmou que eles 'são do ocidente', o que não significa perigo.

Segundo Mandetta, o Brasil já enfrentou outros surtos no passado e está preparado para este novo evento. "A realidade na China é uma, como este vírus vai se comportar em outro ambiente é outra coisa", disse o ministro.

Na China mais de 100 mortes foram confirmadas. Na região de Wuhan, isolada e em quarentena, há brasileiros. No entanto, o governo brasileiro não vai retirar seus cidadãos da China.

Veja AQUI íntegra da coletiva

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO