Sábado, 15 de Agosto de 2020

União
Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 17h:35

TCU SUSPENDE PUBLICIDADES DO BANCO DO BRASIL

Governo Bolsonaro manteve com verbas públicas sites e blogs que noticiam fake news

Redação

Reprodução

Bruno Dantas

O governo de Jair Bolsonaro é um verdadeiro antro quando o assunto é disponibilizar verbas públicas para sites e blogs que noticiam fake news. Tanto que o TCU determinou a exclusão de publicidade do Banco do Brasil nos blogues de extrema direita que apoiam Jair Bolsonaro.

De acordo com a decisão do TCU em Representação do Ministério Público de Contas, ficam excluídas da determinação do ministro os portais, sites, blogs e redes sociais vinculados a empresas concessionárias de serviços de radiodifusão. Segundo Bruno Dantas, esses meios de comunicação "já foram escrutinadas quanto aos critérios de interesse público da informação que veiculam. Excluo, ademais, aqueles vinculados a jornais e revistas que existam há mais de dez anos".

Segundo a decisão do Ministro Bruno Dantas, do Tribunal de contas da União, o Palácio do Planalto destinou vultuosos R$ 373,1 milhões a contratos de publicidade, dos quais R$ 119 milhões oram gastos com veiculação na Internet.

A título comparativo, no ano imediatamente anterior, em 2018, o gasto total com publicidade foi de R$ 336,9 milhões, dos quais R$ 62,3 milhões com Internet.

"É dizer: num cenário de agravamento de crise financeira e fiscal, a gestão do Sr. Rubem Novaes na presidência do Banco do Brasil elevou em mais de R$ 36 milhões o gasto com publicidade da instituição, e quase dobrou o gasto com sites, blogs, redes sociais e outras mídias digitais."

  • Processo: 020.015/2020-8

Veja a decisão.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!