Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020

União
Domingo, 26 de Julho de 2020, 07h:39

AGU

Bolsonaro sai em defesa no STF dos blogueiros fake news

Redação

Reprodução

Simpatizantes de Bolsonaro

Sabendo que sua reeleição em 2022 precisa essencialmente dos seus apoiadores que tem como meta só divulgar fake news, o presidente Jair Bolsonaro, agora resolveu sair da toca e ingressou com ação no STF (Supremo Tribunal Federal) questionando a decisão do ministro Alexandre de Moraes de bloquear as contas de seus apoiadores nas redes sociais.

Bolsonaro sabe que sem esses aliados sua reeleição pode ficar prejudicada, porque somente esses blogueiros fake news que publicam as besteiras que ele fala e faz.

Porque somente Bolsonaro é beneficiado com as noticias falsas.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a Advocacia-Geral da União protocolou uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) depois que Moraes determinou a retirada de perfis de influenciadores, políticos e empresários bolsonaristas das redes sociais Twitter e Facebook.

Dentre os bolsonaristas que tiveram seus perfis bloqueados, estão o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), Sara Giromini (conhecida como Sara Winter), o blogueiro Allan dos Santos e os empresários Luciano Hang (da Havan) e Edgard Corona (das academias Smart Fit). Todos são alvo de investigação dentro do inquérito das fake news.

A ação assinada por Bolsonaro pede que o plenário do STF suspenda de forma liminar as decisões judiciais que “tenham deferido medidas cautelares penais de bloqueio/interdição/suspensão de perfis de redes sociais”. Embora a AGU não mencione os investigados, a peça critica medidas judiciais como a adotada pelo ministro.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO