Sábado, 06 de Junho de 2020

União
Quinta-Feira, 23 de Abril de 2020, 13h:45

O PLANO DO PRESIDENTE

Bolsonaro arma militantes, troca chefe da PF e Sergio Moro pede demissão

A assessoria do ministro nega que ele tenha pedido demissão. Moro fez chegar a Bolsonaro sua insatisfação e avalia pedir demissão caso o presidente insista na troca.

Jô Navarro

Reprodução

Jair Bolsonaro e Sérgio Moro

1 - O presidente Jair Bolsonaro determinou ao Ministério da Defesa no dia 17 de abril, a revogação das Portarias COLOG 46, 60 E 61. As normativas traziam diretrizes para a identificação e marcação de armas de fogo fabricadas no país, exportadas ou importadas, bem como para a marcação de embalagens e cartuchos de munições.

2 - No dia 20 de abril a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF) e a Câmara de Controle Externo da Atividade Policial e Sistema Prisional (7ªCCR/MPF) pediram ao Comando Logístico do Exército que informe o que levou o órgão a editar portaria para revogar normativas que estabeleciam o sistema de rastreamento de armas e munições no Brasil.

3 - No domingo, dia 19 de abril, bolsonaristas foram às ruas em diversas capitais com faixas e cartazes pedindo "intervenção mililar com Bolsonaro no poder" e a reedição do AI-5 para fechar o Congresso Nacional e o STF.

4 - Nesta quinta-feira, 23 de abril, foi publicada no Diário Oficial da União a Portaria Interministerial n° 1.634/2020, dos ministérios da Defesa e da Justiça e Segurança Pública. O objetivo foi aumentar para 300 unidades o limite de compra de munições por pessoas físicas autorizadas a adquirir ou portar arma de fogo.
essoas físicas:
- até 300 unidades de munição esportiva calibre .22 de fogo circular;
- até 200 unidades de munição de caça e esportiva nos calibres 12, 16, 20, 24, 28, 32, 36 e 9.1mm;
- até 50 unidades das demais munições de calibre permitido;

Integrantes de órgãos e instituições prevista no Estatuto do Desarmamento e por legislação especial:
- até 300 unidades de munição esportiva calibre .22 de fogo circular;
- até 200 unidades de munição de caça e esportiva nos calibres 12, 16, 20, 24, 28, 32, 36 e 9.1mm; e
- até 100 unidades das demais munições de calibre permitido.
- até 50 unidades de munições de calibre restrito.

5 - Nesta quinta-feira o presidente Jair Bolsonaro comunicou o ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, que mudará o chefe da Polícia Federal. Pouco depois Sergio Moro pediu demissão.
Segundo noticiado pela Globo News, CNN e Bandnews, Sergio Moro disse a interlocutores que se o presidente trocar o chefe da PF, ele deixa o MJSP.

A Assessoria do ministro Sergio Moro nega que ele tenha pedido demissão.

O mercado financeiro reagiu imediatamente e o dólar subiu para R$ 5,49 e a Ibovespa caiu 2,2%.

Pergunta: O presidente está planejando um golpe?

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO