Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Municipal
Sexta-Feira, 01 de Novembro de 2019, 07h:41

PREFEITURA DE CUIABÁ

Situação fiscal de Cuiabá é crítica ou difícil, aponta estudos da Firjan

Redação

Reprodução

Prefeitura de Cuiabá

Não é de hoje que a situação da prefeitura de Cuiabá é critica em relação a sua gestão.

Um levantamento divulgado nesta quinta-feira (31) pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) revela um quadro grave da situação fiscal no país. A grande maioria dos municípios têm gestão fiscal considerada crítica ou difícil, e 1/3 deles sequer conseguem se sustentar financeiramente.

A análise foi feita a partir do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), construído com base nas contas municipais de 2018 enviadas pelas prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Foram analisados 5.337 dos 5.568 municípios brasileiros - 100 descumpriram a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e não deram transparência às suas contas, e outras 131 enviaram dados inconsistentes para a STN, o que impediu a análise pela Firjan.

Estudo aponta que três em cada quatro municípios têm dificuldade para pagar as despesasO índice é composto por quatro indicadores (Autonomia, Gastos com Pessoal, Liquidez, e Investimentos) e vai de 0 a 1 – quanto maior, melhor a gestão fiscal.

A capital Cuiabá se encontra na 24ª posição do ranking das 26 capitais, só ganha do Rio de Janeiro e São Luis, no Maranhão. As três cidades nas últimas posições, combinando níveis críticos de investimento e liquidez – tiveram nota zero neste último quesito, o que significa que elas fecharam o ano sem dinheiro no caixa para honrar as dívidas a serem pagas no ano seguinte.

Veja o estudo completo realizado pela Firjan.

 

 

1 COMENTÁRIO:

Maranhão e cidade??..obrigado ao site por contribuir para a minha burrice
enviado por: Nico em 01/11/2019 às 20:27:13
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO