Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017

Municipal
Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017, 18h:21

DEPÓSITOS NO EXTERIOR

PF apreende extratos; Emanuel diz que ajudou irmão nos EUA

VINÍCIUS LEMOS do site MidiaNews

Reprodução

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheir

A Polícia Federal encontrou extratos de transferências bancárias feitas pelo prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) para o exterior, durante busca e apreensão realizada no dia 15 de setembro passado.

Os comprovantes foram apreendidos durante a deflagração da Operação Malebolge, a 12ª fase da Ararath. A residência de Emanuel, no Jardim das Américas, e seu gabinete, no Palácio Alencastro, foram alvos das buscas da PF.

O prefeito afirmou, nesta segunda-feira (23), que as remessas de dinheiro foram feitas a um irmão, que vive nos Estados Unidos.

"Eu tenho um irmão que se chama Marco Túlio de Freitas Pinheiro. Ele é músico, mora nos Estados Unidos há 25 anos, é casado com uma piauiense, que trabalha como babá. Eles são trabalhadores e eu tenho dois sobrinhos americanos”, declarou. De acordo com Pinheiro, a família dele sempre ajudou financeiramente o irmão que vive no exterior. Para ele, foi uma "surpresa" ver na imprensa suspeitas levantadas sobre a legalidade dos valores transferidos. "Graça" “Eu achei até graça, porque saiu que foram remessas de recursos ao exterior. É [recurso] da família. A gente sempre ajudou, como vamos continuar ajudando. Podendo, vou mandar mais dinheiro para ele no mês que vem”, disse.  “A minha mãe manda todo mês. Isso é a coisa mais normal do mundo. No momento oportuno, isso vai ser esclarecido”, acrescentou. Emanuel foi um dos políticos flagrados recebendo dinheiro no Palácio Paiguás, durante a gestão de Silval Barbosa. As imagens, em que ele enxhe os bolsos com maços de dinheiro foram destaques na imprensa nacional.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!