Quinta-Feira, 17 de Janeiro de 2019

Municipal
Quarta-Feira, 26 de Dezembro de 2018, 18h:23

INAUGURAÇÃO A CONTA-GOTAS

Novo PS de Cuiabá será inaugurado aos poucos; Temer cancela viagem

Cícero Henrique

Divulgação

Como já era esperado, a inauguração do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) será apenas da estrutura física e não terá a presença do presidente Michel Temer (MDB). “O ministro Blairo Maggi me ligou dizendo que o presidente Michel Temer cancelou a vinda dele, não apenas para Cuiabá. Ele ficou muito contrariado em ser denunciado pela Procuradoria Geral da República pela episódio dos Portos e cancelou todas as aparições públicas dele nesses grandes eventos, especialmente [em eventos] do Programa Chave de Ouro”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro na tarde desta desta quarta-feira (26) durante coletiva de imprensa.

Apesar da pressão da prefeitura para inaugurar o HMC, a princípio anunciado como o 'novo PS', ainda falta equipar a unidade. Além disso, os planos do prefeito de entregar a gestão do Hospital para a Empresa Cuiabana de Saúde Pública foram frustrados pela juíza Célia Regina Vidotti, da Vara da Ação Civil Pública e Ação Popular, que concedeu uma liminar proibindo o Município de transferir os serviços de saúde para o novo prédio até que seja apresentado o Plano Diretor do Modelo de Gestão a ser implantado no local.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) também determinou ao prefeito Emanuel Pinheiro a suspensão imediata da transferência da gestão do 'novo Pronto Socorro' à Empresa Cuiabana.

Cronograma de inauguração
Nesta sexta-feira (28-12) será inaugurado o setor ambulatorial.
A segunda etapa do Pronto Socorro, que compreende enfermaria, farmácia, raio x e ultrassom, deve ser inaugurada no dia 29 de janeiro.
A terceira etapa será entregue no dia 25 de fevereiro e inclui a ala de urgência e emergência, duas salas de Unidade de Terapia Itensiva (UTI) e duas salas de cirurgia.
No dia 22 de março deve ser inaugurada a quarta etapa do hospital, com mais três salas de UTI e mais duas para cirurgias.
A previsão é que a unidade seja entregue por completo no dia 8 de abril, aniversário de 300 anos de Cuiabá.

Novo PS ou HM?

O termo 'novo Pronto Socorro' tem gerado polêmica, já que a estrutura que será reservada para esta finalidade é considerada pequena para atender a demanda da Capital e do interior. Recentemente a secretaria de Inovação e Comunicação passou a se referir à estrutura como 'Hospital Municipal de Cuiabá'.

Investigações

Na semana passada a Empresa Cuiabana esteve nas manchetes por conta da operação Sangria 2, que prendeu o ex-secretário de Saúde de Cuiabá, Huark Douglas, e os gestores da Proclin e Qualycare. A investigação apura fraudes em licitação, organização criminosa e corrupção ativa e passiva, referente a condutas criminosas praticadas por médicos/administrador de empresa, funcionários públicos e outros, tendo como objeto lesão ao erário público, vinculados a Secretaria de Estado de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde, através de contratos celebrados com as empresas usadas pela organização, em especial, a Proclin e a Qualycare.

Saiba mais sobre a operação Sangria 2:
2ª fase da operação Sangria prende 3 médicos e mais 5 por obstrução à investigação 

Suspeita de dar fuga a Flávio Taques depôs na CPI da Saúde

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO