Terça-Feira, 22 de Maio de 2018

Municipal
Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2018, 10h:02

CUIABÁ

Emanuel e Niuan articulam para garantir instalação de fábrica chinesa em Cuiabá

Chineses investirão cerca de R$ 200 milhões em linha de montadora de luminárias movidas por energia solar

Redação

Luiz Alves/Sicom

O prefeito Emanuel Pinheiro e o vice Niuan Ribeiro receberam na tarde desta quinta-feira (25), representantes da empresa chinesa de energia Corona Energy Technology. Durante o encontro, intermediado pelo diretor de Prospecção e Projetos da Agência Desenvolve MT, os gestores e representantes dialogaram sobre uma possível parceria para a instalação de uma fábrica de placas solares na Capital. 

Para o novo empreendimento, os representantes chineses, Lawrence Liu e Henrique Kao, anunciaram um investimento de 30 a 40 milhões de dólares – o equivalente a R$ 200 milhões -, que será aplicado na construção de uma linha de montadora de luminárias, movidas por energia solar, a qual já possuem 300 usinas instaladas, em pleno funcionamento, na China.

Pinheiro recebeu a projeto com muito entusiasmo e sinalizou positivamente para a concretização da parceria, destacando que ela vem ao encontro da proposta de modernização e inovação de sua gestão, focando no progresso e no desenvolvimento econômico, para a transformação de Cuiabá, sobretudo no marco de seus 300 anos.

“Um projeto fantástico, que mostra o grande potencial de desenvolvimento econômico de Cuiabá e traz a oportunidade de expandirmos nossas ações de modernização nesse momento de transformação que vem acontecendo aqui. Vamos trabalhar em conjunto com nossos parceiros, o Governo e demais órgãos articuladores, para que o estado, e com isso beneficiando Cuiabá, receba o que há de melhor em novos empreendimentos, gerando empregos e garantindo a competitividade no mercado interno e externo da nossa cidade,” pontuou Emanuel Pinheiro, que observou o compromisso do vice-prefeito Niuan Ribeiro, na linha de frente de articulação do município, para garantir o investimento para a  Capital.

“Tenho certeza que o Niuan, com grande poder de articulação, desempenhará um belo trabalho, na busca do progresso, e colocará a cidade em evidência com um sistema econômico que utiliza energia limpa e sustentável, atraindo cada vez mais novas empresas para Cuiabá,” ressaltou.

A fabricação do sistema, formado por quatro placas solares, com potência de até 120 watts, gerariam de 150 a 200 novos empregos diretos e cerca de 700 indiretos. “Já estamos estudando as possíveis áreas que comportariam o modelo de usina apresentado por eles, e pretendemos dar  continuidade as demais ferramentas possibilitadora, para que o projeto se torne realidade. Saímos daqui hoje, com uma carta de intenção e aguardaremos a carta proposta do investidores, na certeza que vamos progredir nas negociações da implantação da planta apresenta nesta proveitosa reunião, e levar Cuiabá  para o topo de referência dos melhores lugares para se viver do Brasil”, confirmou Niuan, agradecendo pela confiança depositada em seu trabalho.

“Sabemos que sozinhos não conquistamos nada, então, faço questão de lembrar sempre dos nossos parceiros, aqui hoje, o presidente da Desenvolve MT, José Adolpho, e seu exímio diretor Gebara, que não estão medindo esforços para que esse progresso chegue à nossa terra. Isso só vem consolidar nossa cumplicidade para que o movimento de transformação aconteça e leve a qualidade de vida à população do estado de Mato Grosso, alavancando a Capital no desenvolvimento do sistema de energia solar, que ainda é pouco explorado no Brasil; uma média de 2% de seu potencial,” complementou Ribeiro.

Intermediador de todo o processo para a possível parceria, o diretor  de Prospecção e Projetos da Agência Desenvolve MT,  João Alexandre Gebara Jr., elucidou a importância de  se garantir o investimento para a região, que com seu grande potencial no agronegócio, sendo um dos chamariz para os empreendedores, beneficiaria os produtores, agricultores e toda população, com um sistema de alta tecnologia e de impacto zero no consumo de energia.

“É a primeira reunião do grupo junto a representantes do Poder Executivo municipal. No período da manhã, já estiveram junto ao grupo de secretários do Estado, onde puderam conhecer melhor as características de Mato Grosso. Escolheram, em especial, Cuiabá por  ser o Centro Geodésico da América Latina e assim,  podendo se tornar o trampolim para exportação para toda a América do Sul. Isso favorece muito para que a parceria se realize e a fábrica  se instale aqui em Cuiabá. Vamos continuar pelos próximos dias, dialogando junto com os envolvidos na busca da concretização do projeto,” finalizou Gebara.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO