Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2018

Municipal
Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018, 09h:46

SAÚDE

Cuiabanos já podem fazer o teste rápido para Zika

Testes rápidos para Zika serão ofertados para toda a população cuiabana.

Redação

Divulgação

A partir desta segunda-feira (22), a Prefeitura de Cuiabá por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), passará a ofertar o teste rápido para detecção do Zika Vírus para toda a população cuiabana. Desde 2015, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde (MS) apenas as gestantes e os recém nascidos contavam com o auxílio do teste, haja visto os crescentes índices de microcefalia proporcionados pelo vírus. Entretanto, como parte dos cuidados determinados pelo Prefeito Emanuel Pinheiro, a SMS viabilizaou junto ao MS e ao Estado a doação de 7.500 testes para ampliar o serviço aos demais munícipes.

Em 2017, o setor de Vigilância de Doenças e Agravos Transmissíveis da Secretaria de Saúde de Cuiabá notificou 1.446 casos de Zika. Destes 1.211 foram confirmados e 257 foram em gestantes. Frente aos dados, a Secretária de Saúde de Cuiabá, Elizeth Araújo ressaltou que o quantitativo será o suficiente para amparar os cuiabanos durante todo o ano de 2018.

“Nossa missão e objetivo é proporcionarmos celeridade nas análises e ofertamos diagnósticos precoces e precisos para que toda a população tenha um melhor tratamento da doença. Com base em nossos levantamentos, os testes adquiridos são quase 3 vezes mais que o número de notificações do ano passado. Com isso, além de atendermos a população no contexto geral, teremos passivo para auxiliarmos alguns laboratórios de hospitais particulares”, revelou a gestora.

De acordo com a gerente de Vigilância de Doenças e Agravos Transmissíveis, Flávia Guimarães a tecnologia confirma em até 1h, se o paciente está ou já foi infectado pelo vírus Zika em algum momento da vida. Entretanto, para o melhor resultado, o teste deve ser feito a partir do sexto dia do incício dos sintomas.

“O IGM e o IGG que são anticorpos que confirmam a presença do vírus, só passam a ser produzidos após o sexto dia de sintomatologia. Por isso, se o paciente fizer o teste dentro desse período, conseguiremos identificar a doença e se a pessoa já teve contato com o Zika também em outro momento da vida. Não respeitando esse período, o exame poderá resultar em um falso negativo”, explicou a gerente.

Os testes serão realizados exclusivamente no Laboratório Central de Cuiabá (LACEC) e, conforme a Responsável Técnica (RT) da unidade, Gean Carla Zanella só serão feitos sob indicação médica. O cuidado segundo a RT é para garantir o bom resultado ao paciente.

“Os técnicos do Lacec estarão esperando a população cuiabana para a realização do teste rápido. Entretanto, só o faremos sob indicação médica, especialmente para respeitarmos o sexto dia de sintomas. Dessa forma, os pacientes que perceberem os primeiros indícios para Zika, devem procurar a unidade de saúde mais próxima para avaliação do médico e posterior encaminhamento para a realização do exame no Lacec no dia adequado. O resultado sairá em 1h, mas será devolvido para a unidade de saúde no dia seguinte para que o pronunciamento, bem como os encaminhamentos necessários, sejam dados pelo médico”, finalizou Zanella.

Teste rápido Zika

O desenvolvimento do teste rápido contra o Zika é fruto da parceria entre o Governo da Bahia e a empresa sul-coreana Genbody Inc., que firmaram um acordo de transferência de tecnologia para a Bahiafarma.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO