Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Executivo

Sexta-Feira, 04 de Agosto de 2017, 12h:35

A CASA ESTÁ CAINDO

Ex-secretário da Casa Civil Paulo Taques é preso em Cuiabá

Cícero Henrique

Reprodução

Paulo Taques

A Polícia Civil confirmou que cumpre neste momento um mandado de prisão preventiva e outro de busca e apreensão contra Paulo Taques, ex-secretário chefe da Casa Civil em Mato Grosso.

A primeira informação, ainda não confirmada, é que o mandado tenha sido assinado pelo desembargador Orlando Perri, responsável pela investigação das escutas ilegais no Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

O ex-secretário é acusado de comandar o esquema de escutas ilegais - os chamados grampos - na modalidade 'barriga de aluguel', que teve como alvos juíses,desembargadores,políticos, jornalistas e empresários.

(atualizada às 12h58)

Mandado

O mandado de prisão assinado pelo relator do caso no TJMT, desembargador Orlando Perri, a pedido do delegado Juliano Silva de Carvalho, determina a apresentação imediata de Paulo Taques ao Juízo da Décima Primeira Vara Criminal da Capital para realização da audiência de custódia.

Paulo Taques foi levado primeiramente para a Polinter, em Cuiabá, para exame de corpo de delito.

"Cuida-se de Representação apresentada pelo delegado de Polícia Juliano Silva de Carvalho, designado nos autos do Inquérito Policial n. 78323/2017, em que se apura, dentre outras infrações penais, possível prática do crime de interceptação telefônica clandestina, na modalidade “barriga de aluguel” – ocorrida nos autos código 388156, oriunda da “Operação Forti”, que tramitou perante a Sétima Vara Criminal da Capital –, pleiteando a decretação da prisão preventiva do investigado Paulo Cesar Zamar Taques", diz trecho do despacho de Perri.

Entenda o caso

Governador anuncia exoneração de Paulo Taques e investigação de arapongagem em MT

Grampos: Pedro Taques acusa Zaque de fraude e nega arapongagem

Pedro Taques anuncia medidas para apurar denúncias de grampos ilegais

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO