Segunda-Feira, 20 de Agosto de 2018

Estadual
Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018, 18h:25

NA BEIRA DA MORTE

Tribunal de Justiça põe governo de Pedro Taques no bico do corvo

Cícero Henrique

O Livre

Rui Ramos e Pedro Taques

O governador do Mato Grosso Pedro Taques (PSDB) tem motivos de sobra para perder o sono: o Tribunal de Justiça deu prazo de 48 horas para que efetue o pagamento de duodécimo (repasse constitucional) em atraso ao Judiciário. A Justiça deu prazo de 72 horas para que a Procuradoria Geral do Estado se manifeste a respeito da ação do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat) para que sejam bloqueados R$ 250 milhões dos cofres do Governo.

O despacho, assinado pela juíza Célia Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular de Cuiabá, é da tarde de quarta-feira (31) e seu conteúdo ainda não está disponível no site do Tribunal de Justiça.

Além disso o Poder Legislativo também disse que não aceira a redução do duodécimo.

O Ministério Público também já fez suas reivindicações, também colocando o governo de Pedro Taques a beira da cova.

Pelo jeito o governo de Pedro Taques está em péssima situação ou à beira da morte.

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO