Terça-Feira, 31 de Março de 2020

Estadual
Quinta-Feira, 12 de Março de 2020, 18h:18

MAIS 5 SUSPEITAS EM MT

Governo de MT compra insumos para enfrentar pandemia de coronavírus

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, nesta quinta-feira (12.03), outros cinco casos suspeitos de coronavírus em Mato Grosso.

Redação

Reprodução

 No total, são monitorados seis casos suspeitos no estado, provenientes de cinco municípios; até o momento, não há casos confirmados no Estado.

Os pacientes apresentam sintomas relativos à doença respiratória e possuem histórico de viagem para países onde há a circulação do novo vírus. Os seis casos que levantam a suspeita do COVID-19 estão em Lucas do Rio Verde (1), Araputanga (1), Cuiabá (2), Nova Xavantina (1) e Várzea Grande (1).

Até o momento, as equipes de vigilância monitoraram um total de 17 ocorrências em Mato Grosso. Ainda de acordo com a Nota Informativa da Secretaria de Estado, sete casos foram descartados e quatro foram excluídos por não preencherem os critérios de definição para COVID-19.

Ações de enfrentamento
O Governo de Mato Grosso realizou, na manhã desta quinta-feira, o segundo encontro com os profissionais que integram a equipe do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE-MT).

O encontro extraordinário reuniu membros da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), demais representantes das esferas municipais e autoridades do Ministério Público.

A ação faz parte do plano de atuação do COE-MT, que prevê a realização de encontros frequentes e extraordinários – a cada 15 ou 30 dias – para a tomada de decisões estratégicas ligadas ao monitoramento e combate à propagação do vírus que circula pelo mundo, já havendo a confirmação de 77 casos no Brasil, até o fechamento desta matéria.

O secretário de Saúde Gilberto Figueiredo explicou que uma das medidas que será realizada pelo Governo de Mato Grosso é o lançamento de um edital emergencial para a compra de insumos de estoque estratégico para o subsidio da Rede Estadual.

“Nós estamos trabalhando no planejamento de organização das equipes e preparando nossas unidades. O Governo de Mato Grosso vai lançar um edital de aquisição emergencial de insumos para o Laboratório Central do Estado e equipamentos de proteção individual para os profissionais da saúde. Ainda faremos uma reunião preventiva para identificar possíveis leitos de enfermaria e Unidades de Terapia Intensiva em hospitais privados. Estamos pensando em todas as possibilidades para, caso seja necessário, ampliar a assistência no Estado”, explicou o gestor.

Caso algum paciente tenha a confirmação de coronavírus em Mato Grosso e esteja em quadro leve ou moderado, os tratamentos serão realizados em domicilio e o doente ficará em quarentena, sendo monitorado por profissionais da saúde local. O protocolo do Ministério da Saúde determina que apenas pacientes em casos graves e críticos sejam encaminhados para os hospitais habilitados para o tratamento.

Sobre o cancelamento de eventos, aulas da rede de ensino ou expediente dos órgãos e secretarias, o Estado não possui casos confirmados e, por isso, ainda não há nenhuma recomendação para que sejam tomadas medidas de suspenção dessas atividades que, por hora, seguem normalmente em todo Estado.

Brasil
O Ministério da Saúde já confirmou 77 casos de COVID-19 no Brasil, nos seguintes estados: São Paulo (42), Rio de Janeiro (16), Espírito Santo (1), Minas Gerais (1), Bahia (2), Alagoas (1), Paraná (6), Pernambuco (2), Rio Grande do Sul (4), além de dois no Distrito Federal. Sendo que os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia identificaram transmissão local de casos.

O Brasil não registra até esta data nenhum óbito causado por Covid-19. 

Recomendações - cuidados básicos

· Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

· Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

· Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

· Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

· Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

· Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

· Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

· Manter os ambientes bem ventilados;

· Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;

· Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO