Sábado, 15 de Dezembro de 2018

Estadual
Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018, 15h:10

ESCULHAMBOU

Advogado vê Arcanjo mais forte que Taques

Pablo Rodrigo e Arthur Santos Gazeta Digital

Reprodução

Zaid Arbid acredita que tucano vai usar imagem de ex-bicheiro para se fortalecer na campanha

A vida de Pedro Taques (PSDB) mudou após a Arca de Noé. Longe da narrativa bíblica, a operação desmantelou um grande esquema criminoso comandado pelo ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro.

Então membro do Ministério Público, Taques visualizou pela primeiras vez a bandeira que carrega ainda hoje na política: ser um homem supostamente pautado pela Justiça e avesso a atos de corrupção. Quase 10 anos após a primeira eleição com Taques entre os concorrentes, o advogado Zaid Arbid, fiel desde então na defesa de Arcanjo, comentou sobre a falta de personalidade do hoje tucano.

Segundo ele, Arcanjo é mais forte que Taques. “Eu sempre achei o seguinte e cada dia que passa se confirma isso. Eu sempre assisti de parte do governador Pedro Taques que Arcanjo preso ainda era mais forte do ele [Taques]. Porque ele nunca teve uma bandeira própria para mostrar, mesmo sendo na época procurador da República. Taques quando queria se apresentar, ele se apresentava como o algoz, como o justiceiro de João Arcanjo Ribeiro. Então Arcanjo sempre foi um homem muito mais forte que Pedro Taques”, afirmou Zaid em entrevista nesta quarta-feira (15).

O cenário atual de desgastes promete prejudicar a campanha à reeleição de Taques. Justamente pelo panorama, Zaid Arbid aposto que a imagem de seu cliente será utilizada novamente. “Ele sempre foi mote, o porto seguro da campanha de Pedro Taques. Não me surpreende se hoje ele, Pedro Taques está declive abaixo eleitoralmente, vá se apegar de novo a figura de João Arcanjo Ribeiro para lhe dar forças. Eu tenho quase certeza que ele será usado novamente para sustentar e dar força a campanha de Pedro Taques”, disse.

“João Arcanjo continua da mesma forma. O mesmo homem e a mesma condição. Eu acho que fraco pessoalmente é uma pessoa que se lança politicamente usando a figura de uma [outra] pessoa que está presa e que deveria ser menos forte do que ele”, Complementou Arbid.

Para Arcanjo, o cenário atual é um pouco diferente. Ele deixou a cadeia em fevereiro de 2018 e cumpre pena em regime semiaberto. Mesmo com sua vida pública quase reestabelecida, a defesa não acredita que o ex-bicheiro queira recorrer ao Judiciário contra o possível usa de sua imagem.

“Todas as vezes em que ele foi usado, João Arcanjo Ribeiro estava longe daqui. Seja no Uruguai ou quando ele esta preso. Hoje ele deve sentir incômodo se alguém usar a sua imagem. Porque ele está perto da família e ninguém vai querer ver isso. Mas o Arcanjo é bem consciente e bem verdadeiro, e essas coisas não vão alterar o emocional dele. Ele vai entender que pessoas fracas estarão usando a imagem dele para se fortalecer”, finalizou.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO