Terça-Feira, 17 de Outubro de 2017

Delegado cita influência de Rogers | Caldeirão Político

Executivo

Sábado, 05 de Agosto de 2017, 11h:58

GRAMPOS TELEFÔNICOS

Delegado cita influência de Rogers

Redação

Reprodução

Delegado Flávio Stringuetta cita Rogers Elizandro Jarbas

O clima político em Mato Grosso está muito tenso e conturbado, e a situação está piorando ainda mais no que diz respeito as escutas telefônicas ilegais que vem atingindo diversas pessoas, inclusive membros do judiciário.

Acredita-se que novas prisões não estão descartadas diante do caso que é grave.

Em postagem em sua página no Facebook, o delegado Flávio Stringuetta confirmou que o secretário de Segurança Pública, Rogers Elizandro Jarbas, tentou obter dados referente as investigações sobre os grampos telefônicos que estão sendo realizadas pela Polícia Civil e estão sob sigilo. Stringuetta conduziu as investigações até o início de julho, mas se afastou alegando problemas de saúde.

Suposta interferência de Rogers foi citada na decisão judicial que determinou a prisão do ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, pelo desembargador Orlando Perri. O magistrado citou que Paulo Taques ainda exercida influência dentro do governo a ponto de tomar conhecido ou influenciar nas investigação. 

Na nota na noite de ontem, o Governo negou que o secretário de Segurança solicitou acesso as investigações. Porém, o delegado responsável pelo caso rebateu as alegações do poder executivo, apesar de garantir que os dados não foram repassados.  “Determinou que eu entregasse as cópias de todas as investigações. Mas eu me neguei porque estava em sigilo determinado pelo Dr. Orlando Perri”, assinalou o delegado.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO