Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

Executivo

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 10h:03

ESTUDO

Capacidade financeira da prefeitura de Cuiabá é fraca, avalia consultoria

Jô Navarro

Reprodução

Prefeitura de Cuiabá

A consultoria Tendências fez um estudo sobre a capacidade financeira das capitais brasileiras que aponta que apenas oito capitais, Rio Branco, Palmas, Boa Vista, Curitiba, Porto Velho, Vitória, Aracaju e Manaus estão com as contas públicas mais ajustadas. O período analisado compreende os anos de 2017 a 2019.

As prefeituras receberam notas de 0 a 10 com base em seis indicadores: endividamento (20%), poupança corrente (25%), liquidez (25%), resultado primário (15%), despesa com pessoal e encargos sociais (10%) e investimentos (5%). Cada item recebeu um peso diferente e em seguida foi calculada a média para cada um deles. São considerados municípios com boa capacidade fiscal aqueles com nota média superior a 6; aqueles que ultrapassam a nota 8 são considerados com muito boa capacidade.

Cuiabá, capital de Mato Grosso, está na linha de corte entre a classificação fraca e muito fraca, com nota 4, na 21ª posição, atrás de Teresina (4,95), Goiânia (4,56), Belém (4,4) e Campo Grande (4,11). 

Florianópolis, Natal, Rio de Janeiro e Maceió tiveram nota inferior a 4, consideradas com capacidade financeira muito fraca.

Confira, no Leia Mais, o gráfico completo.

As prefeituras receberam notas de 0 a 10 com base em seis indicadores: endividamento; poupança corrente, liquidez, resultado primário, despesa com pessoal e encargos sociais e investimentos. Cada item recebeu um peso diferente e, em seguida, foi feita uma média para cada.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO