Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018

Eventos e Negócios
Quarta-Feira, 22 de Outubro de 2014, 19h:08

AÇÕES DA PETROBRAS

Petrobras perde 13% em três dias; dólar fecha a R$2,48

Depois de uma sessão bastante instável, oscilando entre altas e baixas, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou quase estável, com leve queda de 0,04%, a 52.411,03 pontos nesta quarta-feira (22).

Com este resultado, a Bolsa acumula queda de 5,94% nos últimos três dias.

Mais cedo, o instituto Datafolha publicou uma nova pesquisa eleitoral para o segundo turno das eleições, repetindo os resultados da pesquisa anterior.

Em três dias no vermelho, Petrobras perde 13%
As ações da Petrobras operaram em alta a maior parte do dia, mesmo depois de a agência de classificação de risco Moody's ter cortado a nota de dívida da empresa, na véspera, citando o alto endividamento por causa da importação de petróleo.

No meio da tarde, no entanto, a tendência se inverteu, e os papéis acabaram fechando em queda e ajudando a influenciar o resultado final da Bovespa.

A ação preferencial (PETR4), que dá prioridade na distribuição de dividendos, fechou em baixa de 0,42%, a R$ 16,61; em três dias, o papel perdeu 12,99%.

A ação ordinária da estatal (PETR3), que dá direito a voto, caiu 0,86% no dia, a R$ 16,05; em três dias, as perdas somam 11,72%.

Mesmo assim, os papéis da Petrobras acumulam alta de mais de 30% desde março.

Dólar sobe pelo terceiro dia e chega a R$ 2,48
No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em alta de 0,14%, a R$ 2,48 na venda. Foi a terceira alta seguida da moeda, que acumula alta de 1,96% nesta semana. Como na véspera, o dólar teve o maior valor de fechamento desde 2 de outubro (R$ 2,492). (Do UOL)

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO