Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020

Eventos e Negócios
Domingo, 02 de Fevereiro de 2020, 11h:14

TECNOLOGIA

Bolsonaro e Pontes anunciam construção de fábrica de equipamentos que extraem água do ar

Equipamentos precisam apenas de uma fonte de eletricidade

Jô Navarro

Reprodução/Watergen

Ministro Marcos Pontes e o presidente da Watergen, Dr. Michael Mirilashvili.

O presidente Jair Bolsonaro confirmou hoje, no Twitter, que uma "fábrica israelense que extrai água do ar será construída no Brasil. Mais uma via de enfrentamento da falta de água no Nordeste, além da dessalinização, poços artesianos e São Francisco. O empreendimento também criará empregos e desenvolvimento da região."

O ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, também comentou a contrução da fábrica no Twitter. "O plano ajuda a enfrentar um dos grandes desafios do Brasil: a escassez de água no Nordeste. Os equipamentos conseguem produzir água mesmo nas condições de baixa umidade da região."

O projeto teve início na missão do Brasil em Tel Aviv, na Cúpula de Inovação Brasil-Israel, em abril de 2019.

A instalação da fábrica é um projeto da empresa israelense Watergen. A unidade fabricará geradores de água atmosférica que poderão ser usados em unidades residenciais e escritórios. O modelo Genny pesa 50 Kg e pode produzir 27 litros de água por dia. Para funcionar, os equipamentos precisam apenas de uma fonte de eletricidade fornecida por geradores ou aquecedor solar.

Empresa israelense, que extrai água potável do ar, construirá fábrica com a tecnologia no Brasil 17

O modelo GEN-350 tem capacidade para produzir 900 litros de água por dia e pesa 800 Kg. O modelo foi projetado para ser utilizado em qualquer lugar. Pode ser transportado em um caminhão até áreas remotas castigadas pela seca.

Empresa israelense, que extrai água potável do ar, construirá fábrica com a tecnologia no Brasil 18

Já o modelo GEN-L pode produzir 5.000 litros de água por dia, projetados para fornecer água em escala industrial para tilização em fábricas e comunidades. Também podem ser instalados nos telhados, o que permite a descentralização do fornecimento.

Empresa israelense, que extrai água potável do ar, construirá fábrica com a tecnologia no Brasil 19

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO