Domingo, 05 de Julho de 2020

Estadual
Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 18h:41

COVID-19 EM MATO GROSSO

Decreto estadual cria grupo de trabalho para enfrentamento da Covid-19 em territórios indígenas

De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, são 102 casos confirmados de Covid-19 entre os indígenas da etnia Xavante, em Mato Grosso. Dessas vítimas, nove morreram

Redação

Reprodução

O Governo do Estado instituiu o Grupo de Trabalho Central para desenvolver ações de monitoramento e estratégias para reduzir a propagação da Covid-19 nos territórios indígenas em Mato Grosso.

A criação do grupo foi estabelecida através do Decreto 537/2020, publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (30.06).

O grupo de trabalho será coordenado pelo secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que explicou que o objetivo é dar subsídios para que as Secretarias de Saúde Estadual e Municipais, Distritos Sanitários Especiais Indígenas, Ministério da Saúde e a Fundação Nacional do Índio (Funai) possam atuar de forma mais célere e específica no enfrentamento da pandemia no interior das aldeias.

“O Governo sempre teve grande preocupação com o avanço do coronavírus entre os indígenas e esse grupo de trabalho foi criado para que possamos desenvolver ações integradas, tendo como base pesquisas desenvolvidas por instituições reconhecidas, como a Unemat e a UFMT. O grande objetivo é evitar que uma tragédia aconteça”, pontuou Carvalho.

Em Mato Grosso, existem sete Distritos Sanitários Especiais Indígenas: do Araguaia, Cuiabá, Kayapó-MT, Xavante, Xingú, Porto Velho e Vilhena. Conforme o decreto, o trabalho será o de acompanhar, articular e apoiar a implementação dos Planos de Contingência Distritais, nas ações que requerem maior urgência para a contenção da contaminação da Covid-19 no interior das aldeias.

O grupo será composto também pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, e por representantes da Secretaria Especial de Saúde Indígena/Distritos Sanitários Especiais Indígenas; Conselhos Distritais de Saúde Indígena – CONDISI; Fundação Nacional do Índio - FUNAI Coordenação Regional Cuiabá; Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT; Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT; Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso - FEPOIMT; Bancada Federal de Deputados; Bancada Estadual de Deputados; Associação Mato-grossense dos Municípios; Conselhos de Secretários Municipais de Saúde; e da Sociedade Civil Organizada.

A deputada federal Rosa Neide será a representante da bancada federal e informou que o calendário de ações e reuniões já está sendo implementado, para garantir celeridade no acompanhamento, orientação e controle das estratégias junto aos órgãos competentes.

“Os trabalhos já tiveram início, pois o governador Mauro Mendes sempre demonstrou essa preocupação. Agora com a instituição oficial do grupo queremos alinhar essas questões também com a Frente Parlamentar dos Povos Indígenas, por isso, trabalhamos para uma reunião ampliada o mais breve possível, junto com a bancada federal de Mato Grosso. Quanto mais alinhados estivermos em nível nacional, melhor será o desempenho na busca da redução dos casos de coronavírus nos territórios indígenas”, concluiu a parlamentar.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO