Quarta-Feira, 18 de Julho de 2018

Cidades

Terça-Feira, 10 de Abril de 2018, 16h:31

ACOLHIMENTO

Venezuelanos são vacinados e cadastrados no Sine

Os venezuelanos foram acolhidos na Pastoral do Migrante, onde ficarão até conseguirem um trabalho para se manter.

Redação

Divulgação/Sicom

Sessenta e quatro (64) venezuelanos que estavam em Boa Vista (Roraima) desembarcaram em Cuiabá no dia 06 de abril fugindo de seu país, que passa por uma grande crise econômica e política que resultou em uma inflação meteórica, escassez de alimentos e de produtos de necessidade básica.

Na última segunda-feira (09) a equipe da Vigilância Epidemiológica Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá (SMS) fez uma ação com o objetivo de verificar a situação de saúde destas pessoas. “Sabemos que na Venezuela circulam algumas doenças que não temos aqui no Brasil, por isso viemos fazer essa abordagem com eles. Desta maneira podemos descobrir se a vacinação deles está em dia, se há alguém apresentando algum sintoma para que possamos fazer uma prevenção e uma condução de tratamento, e também para evitar a transmissão para outras pessoas”, explicou Flávia Guimarães, Gerente de Vigilância em Doenças e Agravos Transmissíveis da Vigilância Epidemiológica.

Os venezuelanos foram acolhidos na Pastoral do Migrante, onde ficarão até conseguirem um trabalho para se manter.

Nesta terça-feira (10), a Pastoral do Migrante recebe a visita de alguns agentes de imunização da Secretaria Municipal de Saúde que farão a aplicação das vacinas contra Hepatite B, Febre Amarela, DT (Difteria e Tétano), além da Tetra Viral, que previne contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela. “Quando chegaram a Roraima foi realizada a primeira dose da vacinação nos venezuelanos. Na ação desta terça-feira, vamos verificar se todas essas pessoas receberam esta primeira dose e fazeremos o reforço daquelas que já estão no momento de recebê-lo. E se por um acaso houver alguma pessoa que não tenha recebido nenhuma dose, será vacinada normalmente”, conclui Lidiane Siqueira, Coordenadora de Programas Estratégicos.

Acolhimento - As ações de acolhimento aos venezuelanos estão sendo coordenadas pela Secretaria de Governo e envolvem as Secretarias Municipais de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Assistência Social, Saúde, Ordem Pública, Educação, Gestão e o Núcleo de Apoio à primeira – dama Márcia Pinheiro.

A Secretaria de Assistência Social está cadastrando os migrantes no CadÚnico, para que possam ser incluidos nos programas assistenciais e nas ações oferecidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Também estão recebendo orientações para inclusão no mercado de trabalho através do Sine.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO