Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018

Cidades

Quarta-Feira, 04 de Abril de 2018, 19h:46

MAIOR APREENSÃO DESDE 2012

Homem é preso transportando 1.000 comprimidos de ecstasy

A última grande apreensão ocorreu em fevereiro de 2012

Redação

PJC-MT

A Delegacia Especializada de Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, realizou a maior apreensão de droga sintética já registrada. Nesta quarta-feira (04.04), mais de 1000 comprimidos de “ecstasy” foram apreendidos em Cuiabá.

A ação policial ocorreu por  volta das 18h,  resultando na prisão em flagrante do suspeito,  M. F., 36 anos, que fazia o transporte de mais de 1.000 comprimidos de ecstasy. A droga está avaliada em aproximadamente R$ 100 mil.

Questionado, o suspeito informou que buscou a droga na cidade de São Paulo (SP) para distribuição em Cuiabá e região.

A última grande apreensão ocorreu em fevereiro de 2012, quando a Polícia Judiciária Civil interceptou um carregamento de 800 comprimidos da droga sintética, também em trabalhos da DRE.

A Droga

O ecstasy é um derivado da anfetamina, conhecido como 3,4- metilenodioximetanfetamina (MDMA). A droga é conhecida também como a "droga do amor" e pode ser classificada tanto como um psicoestimulante, semelhante a cocaína e as anfetaminas, como também ser agrupado com os alucinógenos, devido as alucinações e "flashbacks", que causa, quando usado em doses muito altas.

Um comprimido é vendido nas festas pelo valor de 70 a 100 reais, dependendo do nível do frequentadores.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO