Domingo, 16 de Dezembro de 2018

Cidades

Sexta-Feira, 24 de Agosto de 2018, 09h:19

OPERAÇÃO POLIGUNUM

Gestor da Sema é alvo de nova operação que combate crimes ambientais em Mato Grosso

Redação

GCOM/MT

Deflagrada na manhã desta sexta-feira (24) pela Polícia Judiciária Civil, a operação Polygunum  realizou diligências para cumprimento de 10 ordens judiciais, sendo 06 mandados de busca e apreensão e 04 mandados de prisão referentes a fraudes ambientais investigadas pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) e o Ministério Público Estadual.
 
Um dos mandados foi cumprido num condomínio de luxo  às margens da Estrada da Guia (MT-010).
 
O gestor da Superintendência de Regularização e Monitoramento Ambiental da Sema, João Dias, é um dos alvos novamente. Ele foi detido no dia 13 de agosto em outra operação da DEMA e posteriormente colocado em liberdade. 
 
Apenas um mandado de prisão não foi cumprido até o momento. 
 
O nome da operação, Polygunum, faz referências a medidas geométricas de áreas, referenciadas em dados de propriedades, terrenos e cálculos de desmatamento.
 
A ação cumpre ordens judiciais em Cuiabá, em endereços residenciais e escritórios de pessoas que atuam como responsáveis técnicos da área ambiental. A investigação tramita sob sigilo judicial absoluto.
 
A operação é coordenada pelos delegados Alessandra Saturnino, Gianmarco Paccola Capoani e Liliane de Souza Santos Murata Costa e conta com apoio operacional da Polinter.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO