Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017

Ex-vereadora do PT é morta a tiros  | Caldeirão Político

Cidades

Sexta-Feira, 08 de Setembro de 2017, 08h:05

NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO

Ex-vereadora do PT é morta a tiros

Divulgação

No feriado de 7 de setembro, em Nossa Senhora do Livramento, o assassinato da ex-vereadora Teresinha Rios Pedrosa,de 56 anos, e de seu marido, Aloísio da Silva Lara.O casal foi encontrado por um dos filhos, no sítio onde viviam.

Os corpos foram encaminhados ao IML.

Segundo relatos da PM, eles possivelmente foram vítimas de crime de pistolagem. No local haviam várias galinhas e porcos mortos e as vacas que possuiam desapareceram.

A ex-vereadora militava no PT e atuava na defesa dos pequenos agricultores e chegou a representar MT em eventos internacionais.

O Governo do Estado divulgou nota lamentando o crime e assegurando que todas as medidas foram adotadas para que o crime não permaneça impune.

Veja abaixo íntegra da nota:

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários - Seaf MT, lamenta e repudia profundamente o assassinato da militante histórica da agricultura familiar do Estado, Teresinha Rios Pedroza, em seu sítio em Nossa Senhora do Livramento.

Teresa, participou de congressos sobre agricultura familiar representando Mato Grosso em outros países, levantava a bandeira dos pequenos produtores e o empoderamento da mulher rural há mais de 20 anos, era a atual presidente da Unicafes em MT (União Nacional das Cooperativas de agricultura familiar e Economia Solidária), conselheira ativa do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável vinculado a Seaf e feirante na Central de Comercialização da Agricultura Familiar José Carlos Guimarães.

O Secretário de Estado de Agricultura Familiar de MT, Suelme Fernandes, classifica o acontecimento como uma barbárie contra as lideranças da agricultura familiar e lembra que Teresa Rios representava a força da mulher rural guerreira que defendeu a reforma agrária.

O Secretário de Segurança Pública de MT, Rogers Jarbas, determinou que a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), para comandar as investigações no local e a busca pelos assassinos. O Governador Pedro Taques, amigo de Teresa, se prontificou a tomar tomas as providências cabíveis para que o crime não fique impune.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO