Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020

Cidades
Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 11h:14

OPERAÇÃO FAUSTO

Em Cuiabá, PF encontra dinheiro escondido no colchão em casa no Jardim Itália

Redação

Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (8/7) a Operação Fausto, com o objetivo de combater organização criminosa voltada ao tráfico internacional de cocaína e lavagem de dinheiro.

Estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão temporária nos estados de Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais. As ordens foram expedidas pela 5ª Vara Federal de Mato Grosso.

Em Cuiabá, um dos alvos da operação foi preso no luxuoso bairro Jardim Itália. Lá os agentes encontraram aproximadamente R$ 7 mil escondidos dentro do colchão (foto). Os nomes dos alvos não foram divulgados. 

O trabalho policial aponta que os investigados teriam movimentado mais de R$ 20 milhões entre 2017 e 2020. A maior parte da movimentação suspeita era realizada em nome de familiares e empresas de fachada.

Os investigados vinham ostentando elevado padrão de vida, com imóveis sofisticados, carros de luxo e viagens a lazer.

A PF identificou que o tráfico de drogas era financiado por meio de uma suposta empresa de turismo. A instituição comercial alugava veículos, imóveis e reservava hotéis na região de fronteira. Além disso, equipamentos eram comprados e os valores eram transferidos para os investigados e seus familiares.

A empresa também operava contratos aparentemente falsos de compra e venda de dólar, usando cadastro de pessoas sem autorização, esquema conhecido como “boletagem”.

A Polícia Federal informa que, a realização de operações de câmbio e a movimentação de moeda estrangeira de forma ilegal ou em desacordo com as normas do Banco Central (Bacen) e da Resolução do Conselho Monetário Nacional – CMN nº 3.568/2008, constitui crime contra o sistema financeiro nacional e indica lavagem de dinheiro.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO