Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017

Cidades

Quarta-Feira, 04 de Outubro de 2017, 07h:19

DIA DE CUIDAR

Campanha de vacinação de cães e gatos protege seu pet

Divulgação

No próximo final de semana acontece em Cuiabá, a primeira das três  etapas da campanha de vacinação anti-rábica de 2017. A campanha com postos fixos será realizada em dois sábados, nos dias 07 e 21 de outubro e no mês de novembro, na área rural.  Neste primeiro sábado a vacinação de cães e gatos será feita das 07 às 17 horas, nos postos localizados nas regionais Sul e Leste.Nos 56 postos fixos, 155 vacinadores supervisionados por médicos veterinários, e servidores de apoio da  Vigilância em Saúde, estarão mobilizados na ação.

Devem ser vacinados cães e gatos a partir de 4 meses de vida, animais prenhes e que estejam amamentando. A vacina não tem contraindicação, a dose é de 1 ml, aplicada via subcutânea independente de porte, idade ou espécie.

A meta da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) para a capital este ano  é vacinar  64.390 cães e 13.678 gatos, totalizando 78.068 animais a serem imunizados contra a raiva animal. Em Cuiabá, de 2007 a 2017, foram notificados quatro casos de raiva animal em cães, gatos e quirópteros (morcegos) sendo  um deles em 2007, num cão; um em 2008 e dois em 2016, esses últimos três em morcegos, e todos os casos na área urbana. Na área rural o início da vacinação está previsto para o mês de novembro.

Lá, a UVZ espera vacinar 4.678 cães e 1.084 gatos, num total de 5.762 animais.A coordenadora da Unidade de Vigilância em Zoonoses da Secretaria de Saúde de Cuiabá, Alessandra da Costa Carvalho, explicou que a estratégia de vacinação adotada visa melhorar a cobertura vacinal contra a raiva animal através de barreira imunológica de cães e gatos. “Ao longo do ano a Unidade de Vigilância em Zoonoses realiza várias ações em parceria com organizações não governamentais para vacinar gratuitamente cães e gatos”, explicou a coordenadora.

A Campanha de Vacinação é mais uma ação visando melhorar a cobertura vacinal.Durante a campanha, nos postos fixos profissionais de saúde de nível superior  terão a responsabilidade de planejar e viabilizar a distribuição das vacinas nos bairros, esclarecer dúvidas da população sobre os aspectos técnicos da vacina, eventos adversos e intensificar as ações preventivas e educativas referentes à raiva.“É fundamental a participação da população para que possamos prevenir a doença nos animais de estimação e, consequentemente, evitar a transmissão do vírus rábico para seres humanos”, ressaltou Alessandra Carvalho.

É importante lembrar ainda que durante o período da campanha, a UVZ manterá um posto de vacinação  em sua sede que funcionará no mesmo horários dos demais.Para tirar as duvidas da população, a Unidade de Vigilância em Zoonoses disponibiliza o telefone 3617 1680.

A doença

A raiva é uma zoonose transmitida ao homem pela inoculação do vírus rábico através da saliva do animal infectado. Os cães e gatos são os principais responsáveis pela cadeia de transmissão ao homem em área urbana.Porém, segundo os técnicos, atualmente, os morcegos representam um problema de saúde pública, pois mantém em circulação o vírus rábico, sendo sua presença diretamente influenciada por intervenções e/ou modificações ambientais feitas pelo próprio homem.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO