Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020

Brasil

Segunda-Feira, 03 de Fevereiro de 2020, 11h:48

LAVA JATO

Promotor de Justiça é preso em desdobramento da Lava Jato

Redação

Divulgação

Na manhã de hoje (03/02), a Polícia Federal prendeu em Copacabana, o promotor de Justiça Flávio Bonazza de Assis, acusado de receber propina de esquema no transporte público do Rio de Janeiro. A prisão se deu no âmbito da operação Ponto Final.

A ação foi um desdobramento da Lava Jato, que buscava desarticular organização criminosa que atuava no setor de transportes urbanos do estado do Rio de Janeiro. O promotor é acusado de receber vantagens para arquivar investigações e vazar informações em benefício de empresários de ônibus suspeitos.

O preso será conduzido à Superintendência da PF no Rio de Janeiro e, após procedimento de praxe, ficará à disposição da Justiça.

Segundo o G1, o MP afirma que Bonazza recebia R$ 60 mil de mesada de empresários de ônibus para agir, dentro do MP, em benefício do setor -- como arquivar processos. Ele nega.

Reprodução/Globo News

Promotor Flávio Bonazza

Promotor de Justiça / RJ - Flávio Bonazza

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO