Sábado, 18 de Agosto de 2018

Brasil

Domingo, 05 de Agosto de 2018, 06h:55

DISPUTA PRESIDENCIAL

No segundo turno, PT e Ciro Gomes podem se aliar a Alckmin contra Bolsonaro

Redação

Reprodução

Candidatos a presidente

Em “on”, petistas e Ciro Gomes jamais admitirão que podem apoiar o candidato a presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, se for ele for para o segundo turno contra Jair Bolsonaro (PSL). Porque, se admitirem a hipótese, estarão sugerindo que o postulante tucano é forte e irá para a disputa final contra o deputado federal e capitão do Exército.

Porém, nos bastidores, a conversa é outra. Tanto petistas quanto ciristas sugerem que “tudo, menos Jair Bolsonaro”. Então, no caso de segundo turno entre o ex-governador de São Paulo e o capitão do Exército, o PT vai liberar a militância para votar no tucano e até fazer campanha. Mas não vai liberar seus líderes para participar do palanque do médico paulista.

O PDT vai migrar 100% para o palanque de Alckmin, ainda que Ciro Gomes decida se omitir. Porém mesmo o presidenciável pedetista deve declarar voto no tucano, isto, claro, no caso de disputa dele com Jair Bolsonaro — que a esquerda, além de combater, abomina.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO