Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017

Brasil

Sábado, 09 de Setembro de 2017, 15h:57

PRISÃO IMINENTE

Joesley,Saud e Miller tentam evitar prisão entregando passaportes

Reprodução

A defesa do grupo J&F protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) um ofício que coloca à disposição os passaportes do empresário Joesley Batista e do ex-diretor de Relações Institucionais da holding Ricardo Saud. A defesa do ex-procurador Marcelo Miller também colocou os documentos dele à disposição.

Desta forma as defesas do empresário, do ex-executivo e de Marcelo Miller tentam fazer que o ministro Edson Fachin rejeite o pedido de prisão enviado po Rodrigo janot.

Rodrigo Janot encaminhou na sexta-feira, ao ministro Fachin, pedido de prisão dos três, depois de serem ouvidos para prestarem esclarecimento sobre o áudio que chocou o país. A gravação levantou a suspeita de que os delatores teriam ocultado à Justiça informações sobre crimes. As gravações foram disponibilizadas pelos próprios delatores, como parte do acordo de colaboração.

A PGR deduz também que a atuação de Miller não foi neutra, já que ele trabalhava na procuradoria no período das negociações e deixou o cargo para ingressar em um escritório de advocacia de defesa da J&F.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO