Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018

Brasil

Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2018, 15h:59

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Irmão de Toffoli condenado

O Antagonista

Reprodução

Ticiano Toffoli

Ticiano Toffoli, irmão do futuro presidente do STF, foi condenado por improbidade administrativa no período em que era prefeito de Marília (SP).

Segundo o juiz Walmir Idalêncio dos Santos Cruz, da Vara da Fazenda Pública da cidade, ficou demonstrado que em 2012, nos últimos 180 dias de mandato, Ticiano aumentou em 5,46% as despesas com pessoal, o que violaria “o artigo 21, parágrafo único, da Lei de Responsabilidade Fiscal, evidenciando-se que ocorreram contratações de servidores para cargos em comissão”.

A despesa de pessoal na prefeitura de Marília era de quase R$ 260 milhões em junho e saltou para R$ 291 milhões em dezembro, informa o Jota.
Ticiano também foi denunciado por gastos ilegais durante a campanha de 2012, mas acabou absolvido pelas mãos de Gilmar Mendes.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO