Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020

Brasil

Quarta-Feira, 02 de Setembro de 2020, 10h:15

NA REDE

Internautas denunciam mudança de foco da "República de Curitiba"

Jô Navarro

Print/Facebook

A Página República de Curitiba no Facebook tem 1.472.451 de seguidores. Criada em 2016 para apoiar a operação Lava Jato e o então juiz federal Sergio Moro, hoje é usada para divulgar o presidente Jair Bolsonaro. Há postagens em apoio ao blogueiro Allan Santos, defesa do 'tratamento precoce' para covid-19 (que inclui medicamentos não comprovados e rejeitados pela comunidade científica) e ataques a adversários políticos de Jair Bolsonaro.

A página é administrada pelo empresário Paulo Generoso. Nela não localizamos nenhuma postagem sobre o caso da 'rachadinha' e os depósitos de Fabrício Queiroz nas contas pessoais de familiares do Presidente Jair Bolsonaro.

A mudança de foco da página tem chamado a atenção e gerado protestos de usuários no Facebook. Centenas de ex-apoiadores de Jair Bolsonaro, defensores da Lava Jato e simpatizantes de uma possível futura candidatura do ex-juiz Sergio Moro a Presidente da República estão se mobilizando nas redes sociais contra a mudança de foco.

Print/Facebook

Página República de Curitiba

 

Na página, o administrador a identifica da seguinte forma: "A República de Curitiba tem o compromisso de apoiar o combate à CORRUPÇÃO e de promover a ÉTICA empresarial e política. Temos o compromisso de lutar contra a corrupcao generalizada no Brasil, apoiando a Operacao Lava-Jato e o Juiz Sergio Moro. Combate a corrupcao politica em Brasilia, nos Estados e municipios do Brasil. Se voce quiser nos ajudar, entre em contato por email. JUNTOS SOMOS MAIS FORTES" (sic).

Para os apoiadores de Sergio Moro este objetivo foi desvirtuado e por isso estão denunciando a página, num alerta aos usuários das redes sociais.

Paulo Generoso publicou nota repudiando "ataques por apoiar o governo do Presidente jair Bolsonaro".

"Repudiamos os ataques que estamos recebendo por apoiar o governo do Presidente Jair Bolsonaro por alguns que tentam usar a Lava Jato para projetos políticos com a desculpa de combate à corrupção. Reafirmamos nosso apoio ao presidente e confiamos na integridade do governo e na condução do país pelo presidente e sua equipe. Paulo Generoso - República de Curitiba"

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO