Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018

Brasil

Segunda-Feira, 25 de Fevereiro de 2013, 06h:56

2014

"FHC é sim um bom cabo eleitoral", diz Aécio Neves

 Nesta segunda-feira, em Belo Horizonte, a campanha do PSDB ao Palácio do Planalto terá início de forma totalmente distinta do que ocorreu nas últimas três eleições presidenciais. O candidato, senador Aécio Neves (PSDB-MG), terá a seu lado, num seminário na capital mineira, promovido pelos tucanos, um personagem que foi escondido por José Serra em 2002 e 2010 e por Geraldo Alckmin em 2006: ele mesmo, Fernando Henrique Cardoso. ‘O ex-presidente é um bom cabo eleitoral, até pela irritação que provoca nos petistas‘, diz o senador mineiro.

Quem mais se anima com o novo papel é o próprio Fernando Henrique, que, aos 81 anos, se sente em plena forma e pronto para enfrentar o PT. Dias atrás, na festa de 70 anos de Pedro Malan, ele definiu o sucessor Luiz Inácio Lula da Silva como ‘presidente-adjunto’ do governo Dilma e disse que os petistas precisam de um divã para resolver o problema psicanalítico que têm com o PSDB, como se FHC fosse o pai a ser assassinado pelo filho Lula.

E é dessa maneira, como ‘pai da estabilidade econômica‘, que FHC será apresentado por Aécio aos eleitores. Os petistas, por sua vez, serão retratados como os filhos que exaurem a herança deixada, como se a estabilidade, agora, estivesse em risco.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO