Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017

Brasil

Quarta-Feira, 09 de Agosto de 2017, 18h:30

3 BATALHÕES A POSTOS

Exército vai executar obras na BR-163 no Pará

Redação

Reprodução

Um convênio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) com o Exército Brasileiro dará celeridade e às obras da BR-163, no Pará. A iniciativa objetiva evitar que a situação calamitosa ocorrida em março deste ano, durante a época de chuvas, quando trechos ficaram intrafegáveis por conta do atoleiro, volte a acontecer.

O General-de-Brigada Daniel Dantas, que está à frente do acordo com o DNIT, conta que as tratativas se encontram em fase final para celebração do Termo de Execução Descentralizada (TED), que viabilizará o início dos trabalhos.

“A mobilização já está toda planejada. Para ter uma ideia, vamos deslocar equipamentos dos batalhões de engenharia de Porto Velho (Rondônia) e Rio Branco (Acre), além de utilizar equipamentos do 8º Batalhão de Engenharia e Construção de Santarém/PA. Na verdade, até mesmo o batalhão de Araguari (MG) destinará equipamentos para ajudar na pavimentação da BR 163”, explicou o general.

Segundo o militar, essa é uma parceria importante entre o Exército Brasileiro e o DNIT, onde as Forças Armadas colaboram com o desenvolvimento nacional e, por outro lado, viabiliza-se a qualificação dos reservistas.

O diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, Luiz Antônio Garcia, afirmou que a decisão para o TED partiu do ministro Maurício Quintella, dos Transportes, em conjunto com o presidente Michel Temer. “A ideia é fortalecer a presença do Estado brasileiro na região. Para se ter uma ideia, o posto da Polícia Federal mais próximo dali fica a 700 km, em Santarém, e conta com apenas quatro policiais. Então, a presença do Exército na região vai possibilitar, além da retomada e da aceleração das obras de pavimentação, o melhor controle do tráfego e a garantia da trafegabilidade no período chuvoso”, informou o gestor.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO