Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019

Brasil

Sábado, 30 de Novembro de 2019, 12h:05

MPF REPUDIA DECLARAÇÕES

Doleiro Dario Messer afirma em diálogo que pagou propina a procurador da Lava Jato no PR, diz jornal

Redação

Reprodução

Procurador da República Januário Paludo

O doleiro Dario Messer afirmou em mensagens trocadas com sua namorada, Myra Athayde, que pagou propinas mensais ao procurador da República Januário Paludo, integrante da força-tarefa da Lava Jato do Paraná. Os pagamentos estariam ligados a uma suposta proteção ao “doleiro dos doleiros” em investigações a respeito de suas atividades ilegais.Veja mais em

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/11/30/messer-propina-procurador-lava-jato-januario.htm?cmpid=copiaecola

O procurador e chefe da Lava Jato, Deltan Dallagnol, saiu em defesa do colega e demonstrou indignação pelas acusações feitas pelo doleiro. Nas redes sociais Deltan frisou:

Januário é um dos procuradores mais diligentes, dedicados e competentes do MPF. Conheço ele há 15 anos e confio integralmente nele. A força-tarefa hoje se manifestou sobre a reportagem em nota, que mostra que os casos envolvendo o doleiro sequer estão com a força-tarefa:

Os procuradores da força-tarefa reiteram a plena confiança no trabalho do procurador Januario Paludo, pessoa com extenso rol de serviços prestados à sociedade e respeitada no Ministério Público pela seriedade, profissionalismo e experiência.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!