Domingo, 21 de Abril de 2019

Brasil

Domingo, 14 de Abril de 2019, 07h:42

PESQUISA

Deu no Estadão: Radicalismo político no Brasil supera média de 26 países

Redação

Reprodução

Intolerância política

Pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos mostra a intolerância política no Brasil. O Ipsos é a terceira maior empresa de pesquisa e de inteligência de mercado do mundo. Fundada na França em 1975, a Ipsos conta hoje com 16.000 funcionários e está presente em 87 países, incluindo o Brasil.

Segundo o Ipsos, 32% dos brasileiros dizem não valer a pena conversar com pessoas que têm visão diferene da sua; índice está acima do observado em 27 países.

A reportagem mostra o alto grau de intolerância que vem afetando até mesmo relações familiares, como é o caso do universitário Erick Ferreira diz "ter sido obrigado a cortar relações; microempresário contou que rompeu com a mãe por divergências políticas".

Outro detalhe que chama atenção na reportagem é que a pesquisa mostra que 39% dos brasileiros acreditam que as pessoas não mudaram de opinião mesmo com evidências contrárias apresentadas.

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO