Sábado, 14 de Dezembro de 2019

Brasil

Sexta-Feira, 30 de Agosto de 2019, 15h:03

LAVA JATO

Delação de Palocci envolve ex-presidente do STJ e Dilma Rousseff

Jô Navarro

Reprodução

Cláudio Dantas, no O Antagonista, revela que Antonio Palocci, o italiano, detalhou uma articulação que teria sido comandada por Márcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justiça de Dilma Rousseff.

Palocci contou que Dilma sabia de tudo e recebeu R$ 50 milhões da Camargo Corrêa para a campanha eleitoral de 2010. Segundo Palocci, o acerto foi comunicado por Bastos numa reunião com Palocci e Dilma. A dinheirama foi distribuída como doações a diversos candidatos peistas.

Segundo Palocci, o ex-presidente do STJ, César Asfor Rocha, teria recebido R$ 5 milhões da Camargo Corrêa para suspender a Operação Castelo de Areia. Posteriormente, houve um esforço político para convencer os demais integrantes do STJ corroborassem a decisão do presidente que suspendei a Castelo de Areia. César Asfor nega tudo.

Mais um motivo para a CPI da Lava Toga sair do papel.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO