Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020

Brasil

Terça-Feira, 14 de Julho de 2020, 07h:54

ECONOMIA E NEGÓCIOS

Crise faz aumentar número de falências em 71,3% junho o cenário deve piorar

Redação

Reprodução

Comércio fechados

Em meio à crise econômica causada pela pandemia que se intensifica, as empresas não conseguem resistir. No mês passado, o número de pedidos de recuperação judicial cresceu 44,6% e o de falências decretadas, 71,3% em relação a igual período de 2019

Levantamento da Boa Vista SCPC aponta que cresce o número de empresas que recorrem a recuperação judicial e das que vão àfalência.

Especialistas apontam que o fenômeno está apenas no começo. A tendência é a aceleração das recuperações judiciais e das falências ao longo do semestre.

A recuperação judicial, instrumento criado em 2005, representa uma chance de a empresa se recuperar sem que a falência seja decretada.

Na avaliação do sócio-diretor da consultoria Alvares & Marsal, Eduardo Seixas, o crescimento dos processos judiciais ainda está baixo comparado ao tamanho da crise. Para ele, uma das explicações é que os credores estão mais sensíveis à situação provocada pela pandemia e estão evitando recorrer a execuções de garantias – um dos fatores que acabam levando as empresas à recuperação judicial.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO