Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020

Brasil

Sexta-Feira, 31 de Julho de 2020, 10h:32

COVID-19

Aumenta a taxa de desemprego na segunda semana de julho

Redação

Reprodução

Para desembargador, a mera retenção da CTPS não atinge, por si só, a esfera moral do autor da ação.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua Covid (Pnad Covid), divulgada nesta sexta-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica que a taxa de desocupação ficou em 13,1% na semana de 5 a 11 de julho. A taxa ficou acima tanto dos 12,3% registrados na semana anterior quanto dos 10,5% da primeira semana de maio, primeira semana de referência da nova pesquisa do IBGE. Eram 12,2 milhões de desempregados na semana de 5 a 11 de julho, indicando que 2,4 milhões de trabalhadores passaram ao desemprego desde a primeira semana de maio.

A população ocupada ficou em 81,1 milhões de pessoas na semana de 5 a 11 de julho, confirmando as quedas registradas nas duas últimas semanas. Na semana anterior, a população ocupada era de 81,8 milhões de trabalhadores.

Do total de ocupados, 8,6% (7 milhões de trabalhadores) estavam afastados por causa de medidas de isolamento social relacionados à covid-19, abaixo dos 19,8% da primeira semana de maio. A nova pesquisa é uma versão da Pnad Contínua, planejada em parceria com o Ministério da Saúde, para levantar dados sobre o mercado de trabalho e saúde. A coleta mobiliza cerca de 2 mil agentes do IBGE, que levantam informações de 193,6 mil domicílios distribuídos em 3.364 municípios de todos os Estados do País.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO