Sábado, 18 de Agosto de 2018

Artigos
Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 08h:07

ISOLAMENTO

Pedro Taques, de paladino da justiça a "mau caráter e doente"

O governador Pedro Taques "queimou" quase todos que estavam ao seu lado.

Cícero Henrique

Jô Navarro/Caldeirão Político

Jornalista Cícero Henrique

O governador Pedro Taques (PSDB) a cada dia que passa está sendo tratado como um bicho sarnento, todos correm dele e evitam sua presença.

O governador de Mato Grosso vem perdendo aliados devido ao "mau caráter", como disse o ex-prefeito Otaviano Pivetta (PDT).

Leia mais: Pivetta acusa Pedro Taques de ser mau caráter e doente

Não que Pivetta seja bonzinho e santo, também tem seus defeitos. Mas o que chama a atenção é que são pessoas que eram próximas de Pedro Taques ou de sua confiança. Tido pelos aliados como paladino da justiça, apoiado por lideranças do agronegócio, hoje é evitado por eles e chamado de "mau caráter e doente". 

O governador Pedro Taques 'queimou' quase todos que estavam ao seu lado. Primeiro foi a ex-esposa, depois foi seu primo Paulo Taques que está enrolado nas investigações Grampolândia Pantaneira, isso sem contar o deputado Zeca Viana (PDT), Otaviano Pivetta (PDT), Mauro Mendes (DEM), a própria ex-blogueira Adriana Vandoni, que fazia de tudo para defendê-lo nas redes sociais, entre outros.

Algo existe de errado na vida de Pedro Taques. Será que ele sofreu bullying quando criança? Será que carrega transtornos psicológicos até hoje? Desvio de personalidade é tratável com sessões de terapia ou internação. Ele acredita que é o único santo e honesto entre os demais, queixam-se aqueles que o elegeram.

Quando se entra de política, todos são iguais, a situação é outra, tem que se conviver e conversar com os adversários.

Quando se veste a toga como juiz, desembargador, membro do MPE e MPF, é natural a restrição de convívio social e até mesmo frequentar festas, reuniões e locais públicos.

Em política é tudo ao contrário, precisa estar exposto a tudo, até mesmo ao convívio com adversários.

Parece que Pedro Taques ainda sonha com a toga, mas quer parecer um político carismático, e aí ocorre o conflito interno e exferno. Não é vergonha nenhuma dizer se padece de algum mal e ele pode assumir isso tranquilamente que terá muita ajuda.

Até os bichos sarnentos têm direito a tratamento.

 

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO