Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018

Artigos
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018, 16h:26

OPINIÃO

O exemplo precisa vir de cima

Cícero Henrique

Secom/Cuiabá

Por meio do portal oficial a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Cuiabá informou hoje (21) o desligamento de um servidor que foi flagrado utilizando veículo oficial para uso pessoal.

"Por agir de forma contrária às normas estabelecidas pela gestão com o intuito de nortear o funcionalismo público sobre seus atos enquanto prestadores de serviços ao Município, a Prefeitura de Cuiabá informa que abriu nesta quarta-feira (21) o procedimento de desligamento da Administração Pública Municipal do funcionário flagrado utilizando um veículo oficial para fins particulares", informa a administração.

"O Município ressalta que esse tipo de situação está totalmente fora dos padrões legais e morais instituídos dentro da gestão pública".

Louvável a responsabilização do servidor. Infelizmente, o rigor aplicado a este caso não é o mesmo no que tange à Secretaria de Inovação e Comunicação (Sicom).  O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário Júnior Leite são investigados em inquérito civil instaurado pelo MPE para apurar suposta ingerência do irmão do prefeito na secretaria de Comunicação, além do aumento de verba publicitária para a TV Mais, sob seu comando. 

Saiba mais: Inquérito sob sigilo de justiça investiga direcionamento de verbas da comunicação para irmão do prefeito Emanuel Pinheiro 

O mesmo rigor aplicado ao motorista flagrado usando o carro oficial não tiveram também os vereadores da base do prefeito, que sepultaram na origem o pedido de investigação e cassação do prefeito e tentaram blindar o alcaide na CPI do Paletó, que apura se Emanuel Pinheiro recebeu propina do ex-governador Silval Barbosa quando ainda era deputado estadual. O caso ficou conhecido em todo o país depois que o Jornal Nacional mostrou Emanuel Pinheiro enchendo os bolsos do paletó com maços de dinheiro (Veja abaixo).

O exemplo precisa vir de cima

“Esse é um ato completamente inadmissível, que vamos sempre procurar combater o mais rápido possível. Desde o início da gestão, dei a orientação a todos os secretários de que não aceitarei que situações como esta ocorram sem que as devidas providências sejam tomadas. Tenho um compromisso de valorização do servidor e, diariamente, busco cumprir com esse propósito. No entanto, o servidor deve entender que, assim como o prefeito, ele também tem um compromisso firmado com a população e deve honrá-lo, prestando um serviço de qualidade e respeitando o cidadão”, manifestou-se Emanuel Pinheiro sobre a exoneração do motorista.

Leia também:

MP abre a caixa-preta da Comunicação na gestão de Emanuel Pinheiro

Vereadores denunciam Emanuel Pinheiro por suposto favorecimento do irmão com verbas da Comunicação

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO