Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Artigos
Sábado, 02 de Dezembro de 2017, 09h:49

FALTA DE PERCEPÇÃO

Estamos inertes diante da corrupção em MT?

Cícero Henrique

Reprodução

Corrupção em Mato Grosso

Ficamos indiganado com diversos escândalos pelo país, mas permanecemos apáticos com os diversos escândalos em Mato Grosso. Escândalos como dos deputados pegos com dinheiro na gestão do ex-governador Silval Barbosa, grampolândia na gestão do governador Pedro Taques,  do afastamento dos conselheiros do Tribunal de Contas, da Seduc e da Polícia Militar de Mato Grosso.

Parece que a população do Estado está sem a percepção da gravidade que esses escândalos representam para as instituições e principlamente para os cofres públicos.

E aqui é bom deixar claro que independente de quem seja suspeito, seja qual for do o partido, é necessário que o povo volte às ruas para se manifestar e cobrar punição mais rapidamente.

Onde estão as ONGs e Movimentos disso e daquilo que há alguns anos atrás batiam no peito e exigiam punição para José Riva? Hoje esses movimentos não existem mais e se calaram diante de tanta corrupção nos governos do PT, Temer, e principalmente aqui no Estado de Mato Grosso?

É bom lembrar que as mudanças acontecem quando o povo exige seus direitos e vai para as ruas. A história está cheia desses exemplos no mundo. Um dos mais emblemáticos é o caso do movimento negro nos Estados Unidos. Quando a violência atinge um deles os movimentos se extendem para todo o país.

Aqui ficamos perplexos com escândalos em outros estados, mas no nosso próprio quintal fazemos de conta que nada aconteceu.

Então temos sim uma parcela de culpa porque nós não nos indignamos, a percepção de corrupção fica no vácuo e ficamos inertes e seguimos a vida.

Aliás, quem denuncia e noticia os escândalos na maioria das vezes acabam discriminados e muitas vezes é tachados de radical, de intransigente, que tomou partido desse ou daquele e tantos outros adjetivos.

Eenquanto isso a população morre nos corredores dos hospitais públicos, aumenta a insegurança de andar nas ruas, mas vamos vivendo cada um por si e que Deus cuide de todos nós.

Somos um povo que enche os estádios, as avenidas para ver os times de futebol se consagrar como campões, mas não fazemos isso atualmente para nos indignar de tanta corrupção que assola o país e principalmente o Estado de Mato Grosso que está literalmente quebrado.

 

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO