Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020

Artigos
Sexta-Feira, 27 de Março de 2020, 08h:11

OPINIÃO

A falta que faz um estadista

Cícero Henrique

Reprodução

Estadista

Enquanto militantes de esquerda, direita, centro, vermelho, azul ou verde ficam esbravejando nas redes socias e Whatsapp, parecendo querer ver mais desordem e gente morrendo, não se vê união em relação ao inimigo, o novo coronavírus. É bom salientar que o vírus não é de direita, nem de esquerda.

O vírus não foi criado na China propositalmente como algumas mentes doentias querem que pareça. Seria o mesmo que dizer que a dengue foi criada propositalmente no Brasil. Chega de ficção cientifica.

É verdade que o mundo está em pânico e não convém flexibilizar ou afrouxar medidas para conter o avanço do coronavírus no País, como deseja o presidente. Mas o País não tem, na verdade, um líder, um mandatário, um estadista para um momento tão dramático.

O País passa pelo momento mais difícil e complicado dos últimos anos. Em meio às turbulências na saúde e na economia, cresce o questionamento sobre a falta de um governante de visão mais ampla de Estado. Estadista é aquele versado nos princípios ou na arte de governar, ativamente envolvido em conduzir os negócios de um governo e em moldar a sua política.

São nos momentos de turbulências que aparecem as qualidades do estadista. Sob seus ombros e sua responsabilidade, decisões são tomadas. Um líder detentor de autoconfiança consegue determinar os caminhos de uma Nação. São nas crises que se agigantam os líderes que dão novo rumo ao sistema político e aos rumos de seus países. É certamente por isso que Jair Bolsonaro e os governadores não são a mais genuína definição do que vem a ser um estadista.

Obs: Estadista ou homem de Estado, na definição de Houaiss, é pessoa versada nos princípios ou na arte de governar, ativamente envolvida em conduzir os negócios de um governo e em moldar a sua política; ou ainda pessoa que exerce liderança política com sabedoria e sem limitações partidárias.

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!