Domingo, 16 de Dezembro de 2018

Artigos
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018, 06h:50

ELEIÇÕES 2018

A eleição não é vencida ou perdida por pesquisas

Cícero Henrique

Reprodução

Pesquisa eleitoral

Há muitos questionamentos com os números da mais recente pesquisa para governador de Mato Grosso e as intenções por trás desta suposta manipulação de dados. Para todos os efeitos, Mauro Mendes(DEM), claramente beneficiado pelo levantamento: “Eleição não é vencida ou perdida por pesquisas.

O eleitor de Mato Grosso tem o histórico de não se deixar levar pelo voto útil e que a suposta trucagem de algumas pesquisas, se causar estragos, será somente na militância de Pedro Taques. 

É um banho de água fria que atinge congelante militâncias dos demais candidatos. E é esse o único poder das pesquisas eleitorais no Brasil e no mundo atualmente. Não existe mais, pelo menos não na escala que se tinha antes, do voto praticamente definido pelas tabelas das pesquisas.

Normalmente, as pesquisas, quando comparadas somente com levantamentos realizados por um mesmo instituto, apresentam quadros evolutivos tanto negativos como positivos. Tudo o que sai fora dessa curva se perde dentro de qualquer possibilidade de análise centrada pelo histórico, que ao fim e ao cabo é o cipoal convergente do rico conjunto informativo das pesquisas de opinião.

Eleição se ganha na rua, e votos podem e devem ser conquistados até o último momento, e por essa razão, e pelo fato de que ainda não se conseguiu mapear qualitativamente o padrão do comportamento final que o eleitor adotará no dia 7 de outubro, a eleição ainda está aberta.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO